Técnico

Departamento Técnico é uma área de referência do Taekwondo e da Federação Portuguesa de Taekwondo. O Taekwondo é definido como uma Arte Marcial de origem Coreana de defesa pessoal sem armas, e um moderno desporto de combate e disciplina olímpica. Entende-se, Arte Marcial como sendo um conjunto de técnicas de luta individual originárias do extremo oriente. Começaram por ser métodos de defesa pessoal, com e/ou sem armas, e daqui o seu designativo de marciais e guerreiras. Mais tarde adquiriram a forma de actividades desportivas em ordem à obtenção do aperfeiçoamento físico e mental. Há artes marciais chinesas, coreanas, indonesas e japonesas, sendo estas as de maior projecção internacional. As Artes Marciais (artesmarciais – tudo junto) significam, também, a escola da vida e eram consideradas como grandeza de espírito (pureza da alma). Nas Sociedades Antigas (do oriente), as artesmarciais “tinham como objectivo principal a eficácia em combate“.

O Departamento Técnico da Federação Portuguesa de Taekwondo, tem por objectivo, após consulta e em conformidade com o Órgão Colegial de Mestres, uniformizar os conteúdos técnicos da arte marcial – Taekwondo produzindo documentação técnica nas diversas áreas com vista à publicação de Manuais Técnicos. Produção de programas de exames de graduação de KUP’s (graduação abaixo do cinturão negro) e DAN’s (cinturão negro). Produção, gestão e implementação de Regulamento Nacional de Exames de Graduação. Realização de Exames de Graduação Nacionais com periodicidade bi-anual.

O Departamento Técnico da Federação Portuguesa de Taekwondo, é constituido por:

Dirigente Responsável: – Rui Alexandre dos Santos Barão Carrilho (Vice-Presidente de Direcção)

Diretor Técnico Nacional: – GMtr. Luciano Rodrigues Neto (Cinturão Negro 7º DAN/Kukkiwon)

Corpo de Examinadores: – Grãos-Mestre e Mestres de Taekwondo reconhecidos pela Federação Portuguesa de Taekwondo e inscritos nas associações filiadas/associadas.

 

Plano Anual de Trabalho – Temporada 2018 – 19

– DTNacional – PAT 2019 [PDF]

 

Examinadores e Mestres-Examinador de Taekwondo da Federação Portuguesa de Taekwondo (por classes)

O Examinador e Mestre-Examinador são o activo fundamental e primordial para a prossecução dos objectivos do Taekwondo no espectro da “Arte Marcial” e como uma filosofia de vida. Deve usar as respectivas insígnias e usufruir as honras e regalias à distinção conferida.

É dever do Mestre-Examinador cumprir e fazer cumprir os Estatutos, Regulamentos e demais determinações da Federação Portuguesa de Taekwondo, fundamentalmente, no que concerne aos ideais, princípios e fundamentos do Taekwondo no espectro da “Arte Marcial”.

Determina-se, deste modo, aos Grãos-Mestre, Mestres, Professores, Treinadores, Árbitros, Atletas, Praticantes, Dirigentes e demais agentes desportivos do Taekwondo que assim os reconheçam e os observem de acordo com o Título que, agora, auferem.

Publica-se aqui os nomes dos técnicos de taekwondo com o título nacional de Examinadores e Mestres-Examinadores de Taekwondo da Federação Portuguesa de Taekwondo:

– Lista de Examinadores de 4.ª Classe [PDF]

– Lista de Mestres-Examinador de 3.ª Classe [PDF]

– Lista de Mestres-Examinador de 2.ª Classe [PDF]

 

Órgão Colegial de Mestres (OCM): – É um órgão de apoio à Direção da Federação Portuguesa de Taekwondo terá como âmbito geral os seguintes vetores: 1) Unificação da metodologia e programas para a área tradicional e marcial do Taekwondo; 2) Colaborar com os Conselhos Técnico, Direção de Formação e de Comunicação e Marketing; 3) Promover acções de formação; 4) Elaborar regulamento e funcionamento do OCM e da vertente marcial do Taekwondo; e, 5) Elaborar e sistematizar programas técnicos, teórico/práticos dos vários níveis.

O OCM está constituído pelos seguintes Grãos-Mestre (7ºs DAN’s/KKW): Nelson de Oliveira Costa, Paulo Filipe Ribeiro dos Reis, António Manuel Fraga, Luciano Rodrigues Neto e Na Young Ran.

Contacto: [email protected]

Processo de KUP’s  Processo de DAN’s
Processo de KUP-do